Domingo, 24 de Janeiro de 2021 18:45
65 99913-1386
Polícia POLÍCIA

Ex-mulher é suspeita de mandar executar motorista

A Polícia Civil chegou a mulher após o executor do crime afirmar que partiu dela a ordem para matar. Em depoimento, a acusada negou.

08/01/2021 21h06
Por: FABIO CESAR Fonte: REPORTER MT
Ex-mulher é suspeita de mandar executar motorista

Dois adultos foram presos e um adolescente apreendido, todos em flagrante, pelo homicídio praticado contra Hailton Cordovil Amador, 30 anos, ocorrido nesta sexta-feira (08), em Lucas do Rio Verde (332 km de Cuiabá). As prisões foram efetivadas por equipes da Delegacia da Polícia Civil e a Polícia Militar, que realizaram diversas diligências até que fossem localizados os três envolvidos no homicídio, entre os criminosos está a ex-mulher da vítima acusada de ser a mandante.

O crime, que pode ter sido passional, ocorreu próximo a uma empresa de reciclagem, no bairro Tessele Júnior, por volta das 8h30 da manhã desta sexta-feira.

A vítima foi atingida com ao menos cinco tiros e foi socorrida ainda com vida ao hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

Uma equipe da Polícia Militar passava nas proximidades do local do fato, quando ouviu os disparos e imediatamente foi checar.

O autor do crime, que tem 19 anos de idade, correu em direção a um terreno baldio, mas foi detido. Com ele estava a arma utilizada no homicídio, um revólver calibre 38, com cinco munições deflagradas.

Apuração

Após ser comunicada do crime, a Polícia Civil passou a apurar as circunstâncias do homicídio. Com base em informações coletadas e nas declarações do primeiro preso, os policiais seguiram em diligências para localizar os outros envolvidos no assassinato.

O adolescente de 16 anos não foi localizado em sua residência. Após familiares tomarem conhecimento de que ele estava sendo procurado por envolvimento no homicídio, a mãe do rapaz o apresentou na Delegacia da Polícia Civil.

Já a mulher de 34 anos, que é ex-esposa da vítima, foi presa em seu local de trabalho.

Conforme apuração da equipe de investigação, a mulher é supostamente envolvida com uma facção criminosa e estava ameaçando a vítima.

Um dos bandidos declarou à polícia que agiu a mando da ex-esposa da vítima. Desde que recebeu a descrição de como era Hailton, próximo ao período do Natal, ele e o adolescente passaram a arquitetar o assassinato.

Ouvida pelo delegado Eugênio Rudy Junior, a acusada negou participação no crime.

Com base nas informações coletadas durante as diligências, o delegado autuou em flagrante os dois adultos por homicídio qualificado – cometido por paga ou promessa de recompensa.

O adolescente responderá a ato infracional análogo a homicídio qualificado.

O adolescente será apresentado à Promotoria de Justiça e os dois adultos serão encaminhados às respectivas unidades prisionais, após passarem por exame de corpo de delito.

Ele1 - Criar site de notícias