Sábado, 10 de Abril de 2021 11:16
65 99913-1386
Saúde SAÚDE

Figueiredo pede que prefeitos não percam tempo: ‘abram leitos e pagamos a conta’

“Se por algum motivo, a prefeitura não consegue a habilitação desses leitos com o Governo Federal, garantimos que o valor seja pago utilizando recursos do próprio Estado

07/04/2021 11h59
Por: FABIO CESAR Fonte: SECOM
Figueiredo pede que prefeitos não percam tempo: ‘abram leitos e pagamos a conta’

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, enviou uma mensagem aos prefeitos de Mato Grosso, em entrevista a uma rádio, nessa terça-feira (6), pedindo que os gestores não “percam tempo” enviando ofícios ao Governo do Estado, e sim abram leitos e enviem a conta para ser paga.

“Prefeito nenhum precisa perder tempo mandando ofício, pois o Governo de Mato Grosso paga desde o ano passado R$ 2 mil por cada leito de UTI aberto pelos municípios. Vamos atender a população, os prefeitos podem abrir leitos, que vamos pagar. Se todos ajudarem o problema poderá ser solucionado”, disse.

O secretário destacou que o Governo garante o custeio, atualmente, de 585 Unidades de Terapia Intensiva (UTI) exclusivas para o tratamento dos pacientes da covid-19 em todo o Estado e que tem recursos para pactuação de mais leitos abertos pelos municípios.

Segundo ele, cada leito de UTI para covid-19 possui despesa diária de R$ 2 mil. A maior parte dos leitos existentes é bancada de forma integral pelo Governo do Estado, outros possuem cofinanciamento do Governo Federal.

“Se por algum motivo, a prefeitura não consegue a habilitação desses leitos com o Governo Federal, garantimos que o valor seja pago utilizando recursos do próprio Estado”, reforçou o secretário, lembrando que a regra está vigente desde junho de 2020, por meio do Decreto 521.

Ele1 - Criar site de notícias